terça-feira, 11 de novembro de 2008

Chuva



Representa a divindade da água.
Revela sua capacidade de se movimentar dentro de qualquer corpo.
No nosso, pela circulação e osmose.
E na terra, corpo celestial, através dos rios, mares e chuva.
Necessária à vida, justamente por esse poder único de renovar e integrar tudo o que encosta.
Presente nos céus, presente na terra, presente no ar, onipresente.

Chuva, seu som é macio.
Nuvem, sua forma é bela.
Cachoeira, seu ar tranqüiliza.
Rio, seu toque faz bem.
E água, seu gosto que gosto não tem é o melhor que tem.